Acaesp

A ACAESP (Associação Cultural Artística e Esportiva de São Paulo) foi idealizada por Sonia Fares e fundada em 01 de novembro de 2005 com um estatuto bastante amplo, podendo atuar em âmbito nacional e internacional nas principais áreas do desenvolvimento humano: educação, cultura, artes, esporte, ciência e meio ambiente.

A entidade, em parceria com a cultura no município de Diadema, moveu muitas ações e fóruns para regularizar a lei que não era utilizada pelos artistas da cidade e que previa o uso de 20% de desconto do IPTU e ITBI para projetos culturais. Em setembro de 2007, a entidade enviou para a Secretaria de Cultura 13 projetos de cultura e de esporte que eram, respectivamente: Arteterapia nas Empresas, Arte é Profissão (um projeto de bolsas de cursos de artes para crianças carentes), Jornal Cultural, Livro A Memória Viva Diademense Ilustrada, Revista Arte por Arte, Exposição Itinerante de Artes nas Empresas, Sarau Cultural de Diadema e projeto de Xadrez.

Os projetos de esporte eram: Primeira Copa ACAESP de várias modalidades para ser desenvolvida em inter-escolas, basquete, handebol, vôlei, futsal, tênis de mesa e meia maratona. Os projetos enviados, apesar de legítimos e dentro da formatação exigida, não foram aprovados, apesar de muitas discussões sobre a parte burocrática dos mesmos.

Em 2009, recebemos uma emenda parlamentar do deputado Said Mourad. O projeto era denominado Arte na Praça e atendemos, em um dia, 350 crianças na Praça Lauro Michels, onde pintaram cerca de 350 telas. Foi o único recurso público que recebemos; os demais projetos aqui descritos foram todos filantrópicos. Em 2009, realizamos no Shopping Praça da Moça e depois em bairros o projeto Caricaturas, onde as crianças se divertiam e ficavam muito encantadas.

Em setembro de 2010, realizamos a exposição Visões do Aquecimento Global, inicialmente na Assembleia Legislativa de São Paulo, contando com 34 obras de óleo sobre tela de artistas de Diadema. Em 2011, a entidade conseguiu o registro junto ao CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), sob o número 65. Ainda em 2011, enviamos os projetos para serem chancelados pelo CMDCA, que eram, respectivamente: Arte é Profissão, Arte e Cultura nos Bairros, Arte e Meio Ambiente e Atletismo Cidadão. Porém, não conseguimos captar os recursos para implantar os projetos enviados devido à cidade não ter uma cultura de doação mais estruturada e aceita pelos empresários.

Em 2012, a exposição foi realizada no Plenário da Câmara Municipal de Diadema, recebendo a visita de munícipes, alunos e professores das escolas de Diadema. A exposição fez parte da Virada Cultural de Diadema, sendo realizada no Centro Cultural de Diadema até a semana do meio ambiente. Posteriormente, foi para a sede da ACAESP, onde recebemos todas as escolas da prefeitura de Diadema. Em 2012, conseguimos junto à Assembleia Legislativa de São Paulo o título de Utilidade Pública Estadual e, em 2014, recebemos o título de Utilidade Pública Municipal através da Câmara Municipal de Diadema.

Em 2013, fizemos o projeto da Cartilha Ambiental, onde, em parceria com a prefeitura, foram impressas 30 mil cartilhas que distribuímos nas escolas, acompanhadas de atividade pedagógica. O reconhecimento deste trabalho nos concedeu o Prêmio Dorothy Stang pela Câmara Municipal de Diadema. Em 2014, realizamos a exposição Nossa Gente, onde retratamos artistas e personalidades da história do Brasil e também da história de Diadema. Em 2014, conseguimos o CRCE (Certificado de Regularidade Cadastral de Entidades), o que nos legitima a receber emendas parlamentares de deputados estaduais e federais. Em julho de 2015, realizamos a Exposição do Rock no Dia Internacional do Rock, realizada no Centro Cultural Diadema.

Em 2016, a entidade desenvolveu projetos em parceria com a TV WEB Diadema TV, com programas de trânsito, ambiental, Todos pela Educação e Cultura e Arte em Destaque. Em 2017, a ACAESP começou o projeto filantrópico A Grande Ferramenta da Arte Frente ao Autismo, atendendo voluntariamente crianças com TEA e com outros problemas cognitivos. O projeto continua até hoje de forma filantrópica. Em 2018, tivemos o projeto A Grande Ferramenta da Arte Frente ao Autismo aprovado pela Lei Rouanet, porém não conseguimos captar o recurso para ampliar o atendimento para 100 crianças.

Em 2019, a entidade conquistou uma cadeira no COMPEDE (Conselho Municipal de Pessoas com Deficiência). Vale lembrar que, segundo algumas estimativas recentes, o Brasil tem mais de 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência. Em 2021, a entidade foi reeleita para a cadeira. Em 2019, a ACAESP também conseguiu uma cadeira no CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), onde havia 8 vagas para 14 entidades em disputa e obtivemos o primeiro lugar com 152 votos. Em 2021, fomos reeleitos para a cadeira, e em 2023 também fomos eleitos para o terceiro mandato consecutivo.

A ACAESP, no primeiro semestre, foi convidada a participar de forma ativa na Assembleia Legislativa de São Paulo, com representação nas Frentes Parlamentares de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, com ênfase nas políticas públicas para pessoas com Transtornos do Espectro Autista (TEA), acessibilidade para o Autismo (TEA) e apoio e combate ao câncer.

Em 2019, incorporamos novos projetos de esporte, como atletismo na categoria kids, adulto, projeto pedal para crianças e pedal noturno para adultos. Na área de comunicação, desenvolvemos o projeto do Programa de Entrevistas: ACAESP Nas Cidades Por Mais Políticas Públicas. Já está no ar com várias entrevistas, visando mobilizar todos os setores da sociedade civil e esferas do poder público no desenvolvimento de ações conjuntas para somarmos esforços nas áreas de educação, acolhimento social, conscientização de todos os segmentos da sociedade diademense como um todo, envolvendo outras regiões também, para nos conscientizarmos da problemática da infância, adolescência, educação especial, problemas sociais, esporte, sustentabilidade, meio ambiente, saúde, prevenção, qualidade de vida, eventos e turismo, entre outros.

Na parte social, a ACAESP, em 2020, fez parceria com Mosar Alves, um dos maiores ativistas do esporte da região, além de lutar pelo bairro da Vila Santa Dirce, sendo participativo tanto na área esportiva como na área social. Passamos também a atuar no Projeto Tampinha do Bem, para arrecadar tampinhas para a aquisição de cadeira de rodas, com cadeiras já entregues. Também realizamos a arrecadação de alimentos para as pessoas em dificuldade em função do momento gravíssimo que estamos vivendo, imposto pela pandemia, que mudou radicalmente nossas rotinas e nossa vida como um todo, interrompendo vidas, sonhos, famílias e causando fome e necessidades psicológicas, entre outras.

Em 2021, incorporamos mais projetos de esporte, como: atletismo, vôlei, basquete, futsal, corrida de rua e terceira idade, ginástica e danças, patins, aprendiz de bike, corrida kids, futebol de rua, rolimã, pedal noturno, atletismo kids, entre outros. Em 2021, fomos aprovados na TECHSOUP, uma rede de filantropia que conduz as entidades para a aprovação no Google Ad Grants, onde fomos considerados elegíveis e nos concederam anúncios pagos pelo Google no valor de US$ 10.000 mensais para divulgação de nossa missão.

Atualmente, temos mais de cento e vinte e quatro mil acessos semanais, para desenvolvermos projetos da entidade e divulgar a missão de utilizar a arte para as crianças com autismo, que é uma causa mundial. Estamos estruturando cursos ligados às profissões digitais, projetos de esportes e de yoga. Em 2021, conseguimos o CRIC (Certificado de Reconhecimento de Instituição Cultural) junto à Secretaria de Cultura e Economia Criativa, documento fundamental para conseguir aprovação no Programa da Nota Fiscal Paulista.

Em 2022, conseguimos a aprovação da Nota Fiscal Paulista, que foi uma grande batalha de mais de um ano junto à Secretaria de Cultura e Economia Criativa e depois à Secretaria da Fazenda, devido à grande exigência burocrática para se conseguir a legitimidade. Em julho de 2022, a entidade conseguiu aprovação na maior plataforma de captação de recursos do país, que é Link Nacional, ligada ao Para quem Doar da Rede Globo de Televisão. Atualmente, estamos implantando nossa própria plataforma.

Em agosto, fomos convidados para o Programa da Rádio ABC para falar sobre a questão do autismo, mais especificamente na cidade de Santo André. Em agosto de 2022, realizamos o Primeiro Fórum do Autismo do ABCD no Teatro Clara Nunes, com presença de mães, psicólogos, advogados, poder público, entre outros. No segundo semestre, a entidade participou ativamente na Décima Segunda Conferência Municipal dos Direitos da Criança, nas duas etapas. No final do ano, conseguimos a aprovação do edital do projeto A Grande Ferramenta da Arte Frente ao Autismo. A aprovação do edital representa um marco de resgate para a cidade, pois já se passavam 10 anos até a aprovação do último ano, e a entidade foi aprovada entre as 6 entidades das 10 que participaram do Edital.

Em janeiro de 2023, iniciamos o projeto para atender 20 crianças com cursos de desenho e 20 mães das crianças com terapia em grupo. O projeto, por ser inovador e com grande desenvolvimento técnico, foi aprovado para continuidade em 2024. Em 2023, a entidade participou, a convite, no mês de abril, da audiência pública realizada na Câmara Municipal de Diadema, idealizada pela vereadora Liliam Cabrera.

Em maio de 2023, a entidade realizou o II Fórum do Autismo na Câmara Municipal de Diadema, com a grande ajuda do vereador e presidente da Câmara Municipal de Diadema, Orlando Vitoriano. Contou com a presença de autoridades, vereadores, advogados, representantes das mães e da OAB de Diadema, São Bernardo do Campo, Santo André e membros da equipe técnica da ACAESP.

Em outubro, a entidade realizou o I Fórum do Terceiro Setor do ABCD no espaço da Igreja Adventista de Diadema, com a intenção de mostrar o potencial da região e o quanto os conselhos poderiam aumentar de forma significativa a arrecadação do FUMCAD, COMPEDE e CMI. Vale lembrar que, infelizmente, por não termos uma cultura de doação em dinheiro para as entidades, perdemos a possibilidade de ajudar muitas crianças e adolescentes por falta de recursos. Além disso, poderíamos gerar muitos empregos em inúmeras áreas e transformar vidas. Abordamos a economia criativa, uma das bandeiras que defendemos junto com o autismo e o esporte. 

A economia criativa é o maior vetor do século XXI e responsável por gerar cerca de 7,5 milhões de vagas de emprego no Brasil e 2,5 milhões em São Paulo. Por isso, foi incorporada como indústria criativa na Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo. O PIB do ABCD representa o segundo do estado e o terceiro do país. 

De acordo com alguns estudos, os órgãos da cidade de Diadema perdem cerca de 50 milhões de reais por ano em recursos de empresas locais, o que mudaria radicalmente a condição dos necessitados e aumentaria a arrecadação do município. Todos os órgãos da cidade estão devidamente regulamentados para tal finalidade, assim como as entidades sérias que temos no município.

Em outubro de 2023, a ACAESP, representada pelo presidente e pela equipe técnica do projeto A Grande Ferramenta da Arte Frente ao Autismo, participou do evento sobre a inclusão de pessoas com autismo na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Em anos anteriores, já tínhamos participado de eventos semelhantes.

Em 2024, demos continuidade ao projeto, além de desenvolver arteterapia para os pais e planejar fóruns e eventos para o segundo semestre.

2015
Fundada em 01 de novembro de 2005 por Sonia Fares
2009
2009, emenda parlamentar do deputado Said Mourad para o projeto "Arte na Praça" com 350. No mesmo ano realizamos no Shopping Praça da Moça e depois em bairros o projeto "Caricaturas".
Item #3
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
September 18, 2020
Item #3
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
September 18, 2020
Item #3
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
September 18, 2020
Item #1
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Item #2
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Item #3
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Item #4
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Item #4
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Item #4
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
July 13, 2020
August 12, 2020
September 18, 2020
September 22, 2020
September 22, 2020
September 22, 2020